Elegante sempre - Janaína Depiné

Pronta para as críticas

Duas leitoras e um mesmo problema. Vivem cercadas de pessoas críticas que na menor oportunidade soltam um veneno do tipo: “Como você está com cara de cansada”, “Nossa! Que magreza!”. Outras vezes é uma grosseria gratuita que machuca. Como lidar com situações assim? Você confere agora.

Em janeiro desse ano, quando sai da UTI, ouvi comentários do tipo: “Nossa! Seu cabelo está muito ressecado! “, “Está precisando retocar as mechas, hein!”, “Você deu uma engordadinha no hospital”

Oi? Eu estava numa UTI tomando dezenas de remédios, lutando para ficar bem e tive que lidar com comentários que demonstram falta de sensibilidade nas palavras.

Mas, sabe o que eu fiz (e faço) com críticas sem a menor sentido, como essas? Dou risada e tenho compaixão. Olho para a pessoa como quem olha para um doente.

“Os olhos são a candeia do corpo. Se os seus olhos forem bons, todo o seu corpo será cheio de luz. Mas se os seus olhos forem maus, todo o seu corpo será cheio de trevas. Portanto, se a luz que está dentro de você são trevas, que tremendas trevas são!” Mateus 6:22,23. Quem disse isso foi Jesus.

Há pessoas que só olham coisas ruins nos outros. Quantas trevas há nesses olhos! Por isso, minha dica é: tenha segurança de quem você é, de que está fazendo o seu melhor e não dê importância para esses comentários venenosos e sem amor. Ao contrário, tenha compaixão das pessoas que fazem críticas sem fundamento. Nunca responda na mesma grosseria. Ao contrário, fale bem da pessoa.

“Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus” Mateus 5:44

Com essa frase Jesus nos ensinou várias coisas:

1) Como lidar com críticas infundadas e fofocas

Fale bem de quem fala mal de você. Não responda com uma crítica a outra pessoa. Por exemplo:

Quando ouvi “Você deu uma engordadinha no hospital?”, em vez de eu responder na mesma moeda “Pior é você que já está bem acima do peso há anos, né?”, eu simplesmente disse: “Acho que inchei bastante com a medicação. Mas vou me recuperar. E você, no entanto, está ótima. O que está fazendo?”

Chega a ser constrangedor para quem ouve uma resposta assim.

2) Responder com brandura revela nossa identidade

Sabe qual a sua identidade? Você é filha de Deus. Quando somos maltratadas dói mesmo. Se dói em nós, imagine em Deus! Quem é mãe sabe do que estou falando. Quando maltratam nosso filho é muito pior do que quando nos maltratam.

Por isso, quando situações assim ocorrerem, converse com Deus. Ele entende você e o Espírito dele que habita em você a consolará.

“Entregue suas preocupações ao Senhor, Ele te sustentará; jamais permitirá que o justo venha a cair” Salmos 55:22

Não ficou mais fácil? Pense nisso e fique pronta para as críticas!

Aguarde...

Cadastre-se

Fique por dentro das novidades do blog!