Elegante sempre - Janaína Depiné

8 passos para ser mais gente boa

Os relacionamentos interpessoais são fundamentais para nosso bem-estar emocional.  Algumas orientações podem ajudar você a evitar problemas nessa área, além de transformarem você numa pessoa querida pelo seu caráter, o famoso “gente-boa”.

1)Seja gentil

Parece óbvio, mas pessoas gentis naturalmente atraem as outras porque ninguém fica com medo ou com o pé atrás.

2)Seja simpático

Seja uma pessoa otimista e positiva, sem exageros. Tenha um sorriso pronto quando for apropriado. O sorriso sempre abre portas e desarma até os mais carrancudos.

Não seja sarcástico, irônico e não se ire com facilidade e não responda de maneira grosseira quando estiver irritado.

3)Seja solícito

Ajude sempre que tiver oportunidade e for ético.  Trate todos, independente do cargo, com respeito.

4)Seja um bom ouvinte

Saiba ouvir. Seja curioso e faça perguntas. Você aprenderá mais e as pessoas apreciarão seu interesse.

Se coloque na posição da outra pessoa, pois a empatia é essencial para ser um bom ouvinte.

Quando estiver com alguém não fique olhando no celular ou enviando mensagens. Isso mostra que a  pessoa do outro lado é mais interessante. Se precisar tratar algo urgente, avise antes.

5)Respeite as diferenças

Permita que outras pessoas expressem sua opinião sem julgá-las.

Uma discussão saudável tem vários argumentos,  mas nunca xingamentos, porque isso é desrespeitoso.

6)Seja responsável

Ser responsável. Quando você se compromete com alguém de quem gosta, honre-o.

Sempre seja pontual para compromissos. Se algo fora do seu controle fizer com que você se atrase, entre em contato com a pessoa imediatamente.

7)Seja inclusivo

Não discuta os planos que você tem com uma pessoa na frente de outras pessoas que se sentirão excluídas.

Dê crédito a outras pessoas por suas realizações. Felicite-os quando eles vencerem, mesmo que você tenha perdido.

8)Seja perdoador

Todo mundo comete erros. Não continue repassando no passado. Se a pessoa se arrependeu  dê uma chance. Quem é bom em perdoar, também costuma receber perdão mais facilmente.

E você? Já se considera “gente-boa”? Que tal começar agora!

Aguarde...

Cadastre-se

Fique por dentro das novidades do blog!