Elegante sempre - Janaína Depiné

Como dominar a língua

Um dos grandes desafios do ser humano é controlar a língua. Falamos mais do que devemos, da forma errada, no momento errado ou para a pessoa errada. Mas será possível controlar a língua? Tiago, irmão de Jesus, dedicou um capítulo do seu livro para nos mostrar que sim.

1)Nosso domínio próprio começa pela língua

É difícil manter a boca fechada. A gente pensa e quando se dá conta já disse o que não devia. Por isso, Tiago alerta que controlar o que falamos leva-nos à perfeição. “Todos tropeçamos de muitas maneiras. Se alguém não tropeça no falar, tal homem é perfeito, sendo também capaz de dominar todo o seu corpo.” Tiago 3
Esse domínio da língua é tão importante que ele compara ao freio na boca do cavalo ou o leme de um navio. Ambos, mesmo sendo pequenos, guiam o caminho. Assim também é a língua. Um pequeno órgão que dirige nossa vida.

2)Uma fala pode contaminar tudo

Já reparou como uma palavra errada gera dezenas de problemas, causa estresse, desgasta relacionamentos e provoca grandes feridas?

“A língua é um fogo; é um mundo de iniquidade. Colocada entre os membros do nosso corpo, contamina a pessoa por inteiro, incendeia todo o curso de sua vida, sendo ela mesma incendiada pelo inferno.” Tiago 3: 6

Por isso, precisamos sempre calar mais do que falar. Ouvir, esperar a emoção passar para então responder. Sempre digo, não fale nada no dia da ira. Quando estamos sentindo raiva precisamos ir para o trono de Deus, derramar ali nossas dores e, depois, já calmos e bem orientados conversar.

3)A língua traz benção e maldição

“Ah, que menino custoso!’, “Meu filho é muito difícil”, “Meu marido/esposa não tem jeito”…Quantas frases de maldição temos jogado sobre a nossa própria vida? Ao dizer palavras de derrota ou frustração só pioramos tudo. Em vez de falar mal, use sua boca para abençoar ou se cale.

“Com a língua bendizemos ao Senhor e Pai, e com ela amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus. Da mesma boca procedem bênção e maldição. Meus irmãos, não pode ser assim!” Tiago 3:9,10

4)Escolha as palavras com sabedoria

Saber como falar é muito mais importante do que falar. Uma mesma mensagem dita com amor, num ambiente pacífico, será muito melhor recebida do que dita durante uma discussão acalorada.

Escolha a hora e as palavras certas para trazer uma mensagem de correção. Fale com pureza, tendo empatia pelo outro, tentando se colocar no lugar dele.

Tiago também nos ensina as palavras de sabedoria que devemos usar para falar com as pessoas: “Mas a sabedoria que vem do alto é antes de tudo pura; depois, pacífica, amável, compreensiva, cheia de misericórdia e de bons frutos, imparcial e sincera.” Tiago 3:17

Lembre-se desses adjetivos toda vez que for falar com alguém e você certamente alcançará a sabedoria do alto.

Aguarde...

Cadastre-se

Fique por dentro das novidades do blog!