Elegante sempre - Janaína Depiné

Como encontrar justiça

justiça_verdadeira

A justiça humana é imperfeita. Quem já levou uma causa a um tribunal sabe disso. Nem sempre o que se pede é atendido, nem sempre o culpado é punido corretamente e nem sempre a verdadeira justiça é feita.

Deus, porém, é o Rei da justiça. Nele a justiça é plenamente perfeita. Em seu trono ele tem o domínio sobre tudo e sobre todos e nada escapa ao conhecimento dele.

Em muitos Salmos, como no 9, vemos as características de Deus como juiz ressaltadas. “Ele mesmo julga o mundo com justiça, governa os povos com retidão” (Salmos 9: 8)

Deus é sempre justo e retribui a cada um segundo as suas obras. Como Paulo escreveu na carta aos gálatas, “aquilo que o homem semear, isso também ceifará” (Gálatas 6:7).

Deus é sempre reto. Ele não aceita suborno, barganhas, não se corrompe, o caráter dele não muda e ele tem promessas para quem busca a justiça dele: “Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão fartos” (Mateus 5.6)

A justiça de Deus aplicada aos pecadores é condenação, mas quem está em Cristo já foi justificado. Jesus fez justiça por nós, tomou sobre si nossa condenação e nos justificou. Mesmo assim, a palavra de Deus não muda e, mesmo justificados, colhemos as consequências de nossos atos.

Portanto, quando sofrer alguma injustiça nesse mundo, releia o salmo 9 e ore ao Senhor que “jamais abandona os que o buscam”(Salmos 9:10)

Aguarde...

Cadastre-se

Fique por dentro das novidades do blog!